FESTIVAL COMKIDS-PRIX JEUNESSE JÁ TEM DATA MARCADA

O Festival comKids – Prix Jeunesse Iberoamericano 2019 já tem data marcada. Em sua nona edição, o evento será realizado de 12 a 18 de agosto. As atividades vão acontecer no Sesc Consolação, no Goethe-Institut São Paulo, contando com mostras ao público, nos CEUs participantes do Circuito Spcine. As inscrições estão disponíveis  no portal comKids.

O encontro é uma celebração da produção audiovisual de qualidade para crianças e adolescentes feitas nas línguas espanhola e portuguesa. Os interessados em inscrever conteúdos para participar das categorias do Festival têm até o dia 12 de abril. Na edição deste ano não terão inscrições de obras digitais ou interativas. O regulamento traz todos os detalhes. Vejam as categorias. São elas:

– Até 6 anos – ficção

– Até 6 anos – não ficção

– 7 a 10 anos – ficção

– 7 a 10 anos – não ficção

– 11 a 15 anos – ficção

– 11 a 15 anos não ficção

– Conteúdos curtos (conteúdos com duração entre 20 segundos e 3 minutos e 59 segundos, ficção e não ficção)

Acesse aqui o formulário de inscrição

15º Olimpíada Brasileira de Matemática

É fera em matemática? Conhece alguém que seja? Então corre! As inscrições para a 15º Olimpíada Brasileira de Matemática já estão abertas. Quem pode participar? Estudantes dos ensinos fundamental e médio de escolas municipais, estaduais, federais e privadas.

As unidades escolares devem realizar a inscrição dos estudantes, no site da OBMEP, até o dia 15 de março. Os alunos que ganharem as medalhas de ouro, prata e bronze vão garantir participação em programas de iniciação científica.

A OBMEP é dividida em três níveis. O primeiro é voltado para os alunos do 6º ou 7º ano do ensino fundamental, o segundo para os alunos do 8º ou 9º ano do ensino fundamental, e o terceiro e último nível para os alunos de todas as séries do ensino médio. Jovens e adultos, matriculados na modalidade EJA, também podem ser inscritos pela escola, conforme os níveis descritos anteriormente.

As provas vão acontecer em duas etapas: a primeira no dia 21 de maio, composta por uma prova de 20 questões de múltipla escolha e a segunda, em 28 de setembro, apenas aos alunos classificados onde terão que fazer uma prova discursiva de seis questões. O resultado está previsto para o dia 3 de dezembro.

Na última edição da Olimpíada, mais de 18 milhões de estudantes participaram. A OBMEP é realizada pelo Instituto de Matemática pura e aplicada e tem apoio da Unesco.

Hora do Planeta

Você já participou da Hora do Planeta? Este ano o ato simbólico acontece no dia 30 de março, das 20h30 às 21h30. Em mais um ano, a Rede WWF-Brasil convida as cidades a aderirem ao maior movimento mundial de sensibilização aos efeitos das mudanças climáticas.

O objetivo é que as prefeituras desliguem as luzes de prédios e monumentos nos 60 minutos do evento. No entanto, todos podem se juntar ao movimento, mostrar que se importam com o meio ambiente e realizar mudanças comportamentais que produzam um estilo de vida sustentável. As inscrições já estão abertas, pelo site horadoplaneta.org.br.

Desligando as luzes na Hora do Planeta você está reconhecendo e celebrando o seu compromisso de fazer algo mais para o planeta atenuando o impacto das mudanças climáticas na vida das pessoas.

Muitos municípios aproveitam a data para realizar eventos e, assim, envolver mais pessoas na causa. A cidade de Barueri, em São Paulo, por exemplo, promoveu uma pedalada noturna com distribuição de prêmios na edição 2018.

Com recorde de 186 cidades, em 2017, este ano, a proposta do WWF-Brasil é de melhorar o recorde de cidades participantes.

Mas atenção! Para aderir oficialmente à campanha, a pessoa, o representante de cidade ou a empresa deve entrar no site oficial do evento, se cadastrar, dizendo quais locais serão apagados e se haverá outras ações. Todos os participantes serão divulgados em um grande mapa de ações.

Série resgata brincadeiras tradicionais da infância

“Tá na Hora de Brincar”, nova série documental, exibida na TV Brasil, está trazendo à tona algumas brincadeiras tradicionais da infância como esconde-esconde, amarelinha, pega-pega, cabra-cega, cabo de guerra, mímica e morto-vivo.

Os episódios inéditos vão ao ar diariamente, de segunda a sexta, em quatro horários: 10h20, 10h50, 13h20 e 14h35, na TV Brasil Animada, faixa de programação da emissora pública dedicada ao público infantil.

A produção apresenta brincadeiras tradicionais, explicadas na prática por crianças, com a ajuda de um palhaço brincalhão chamado Tananá interpretado por Igor Medeiros, ou pela narradora Antoniela Canto.

A série é voltada para jovens entre 3 e 12 anos. Cada edição traz um jogo comum em todo o país e demonstrado na versão da região em que é mais popular.

Realizada pela Framme Produções, do Piauí, a série “Tá na Hora de Brincar” foi a única produção do estado selecionada pelo Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Audiovisual (Prodav/TVs Públicas).

A direção é de Alexandre Mello, com música original homônima de José Quaresma e André Melo, interpretada por Ezequiel Veloso e Gil Oliveira.

Trilha subaquática é inaugurada em Abrolhos

A trilha subaquática do Chapeirão Mau-Mau é o mais novo atrativo do Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, no litoral entre Bahia e o Espírito Santo. O trajeto poderá ser feito à noite com mergulho autônomo acompanhado de condutores.

A trilha subaquática possui 140 metros de extensão, com 14 pinos instalados na areia e cabos interligando os pontos de interesse, enumerados, guiando o trajeto e facilitando a interpretação de cada ponto com atrativos específicos.

Para quem não sabe Chapeirõess são formações recifais de rara beleza, únicas no mundo, só existentes em Abrolhos. Têm formato de cogumelos e chegam a ter 20 metros de altura e 50 metros de diâmetro no topo.

A trilha abrange um complexo com cerca de 16 chapeirões e outras formações recifais de variados tamanhos e formas, percorrendo ambientes como bancos de algas e gramas marinhas. Seu fundo de areia branca propicia melhor visibilidade, mesmo em situações de contatos eventuais com o fundo.

Entre os chapeirões, a trilha possui pontos de destaque, como a “Janela do Coração”, um conjunto desses imensos cogumelos em formato de coração. O local é ideal para fotos e pequenas passagens que garantem uma experiência única para os mergulhadores, principalmente os de primeira viagem.

O parque é uma unidade de conservação (UC) federal, administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), autarquia vinculada ao Ministério do Meio Ambiente (MMA).

Exposição DreamWorks no CCBB

Dividida em 4 seções, a exposição DreamWorks leva o público a “uma jornada do esboço à tela”. ‘Shrek’, ‘Kung Fu Panda’, ‘Fuga das Galinhas’, ‘Madagascar’, ‘Como Treinar O Seu Dragão’… mais de 400 itens, entre desenhos raros e nunca vistos que refletem os conceitos iniciais dos filmes, modelos e obras de arte originais, entrevistas e displays interativos das animações clássicas preferidas e mais amadas da DreamWorks estão no CCBB Rio, Centro Cultural Banco do Brasil, até o dia 15 de abril.

Depois de passar por sete países, a mostra, gratuita, é resultado da parceria inédita entre o estúdio de animação norte-americano DreamWorks Animation e o museu Australian Centre for the Moving Image.

Embarque nesta fascinante e interessante jornada que se desenrola a partir de desenhos, storyboards, máscaras, mapas, fotografias, pôsteres, pinturas e artes originais – dos filmes FormiguinhaZ (1998), Shrek (2001), Madagascar (2005), Kung Fu Panda (2008), Como Treinar Seu Dragão (2010), Trolls (2016), entre outras produções do estúdio.

Na primeira seção, Characters traz a evolução dos personagens do conceito original dos desenhos e sketches às personalidades totalmente construídas. A segunda parte da mostra, Story, apresenta o processo de construção de uma história completa. Na terceira seção, World, leva o visitante para sobrevoar a cidade viking de Berk sobre as costas de um dragão em uma projeção 180 graus e na quarta e última parte da exposição, Drawing Room, o público pode criar um curta animado, a partir da tecnologia do estúdio DreamWorks Animation.

A Curadoria é da ACMI (Australian Centre for the Moving Image) em colaboração com DreamWorks Animation Studio.

Inscrições abertas para 7ª edição do concurso de apoio Iberbibliotecas

Estão abertas as inscrições para a 7ª edição do Concurso de Ajudas do Programa Ibero- Americano de Bibliotecas Públicas (Iberbibliotecas). O projeto trabalha a inclusão social, contribuindo para a qualificação da educação e enculturamento da população.

O programa vai investir US$ 240 mil em projetos de fortalecimento e ampliação do acesso à informação e à leitura em bibliotecas públicas, comunitárias e populares do Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Espanha, México, Paraguai, Peru e as cidades de Buenos Aires, Medellín e Quito.

Quem pode se inscrever? organizações públicas e privadas dos países e cidades membros do Iberbibliotecas. Países não-membros que apresentarem projeto conjunto com países ou cidades-membro, também podem participar. A participação é vetada para as entidades anteriormente premiadas nessa convocatória.

As propostas vencedoras receberão até US$ 20 mil, no caso do projeto apresentado por uma entidade, ou até US$ 40 mil, se inscrito por instituições de dois ou mais países integrantes do Programa.

Este ano o Brasil assume a presidência do Programa para o biênio 2019-2021. O País investe, anualmente, US$ 90 mil para a manutenção e financiamento das linhas de ação do Iberbibliotecas. A Secretaria Especial da Cultura do Ministério da Cidadania é a responsável pela coordenação do programa no País.

As inscrições, até 4 de maio, podem ser formuladas em português ou espanhol, e devem ser enviadas pelo e-mail iberbibliotecas@cerlalc.org com o assunto “Concurso de ajudas 2019”. Mais informações sobre a documentação necessária para inscrição podem ser acessadas no site do programa.

Animação brasileira chega às telas

A animação brasileira “Tito e os pássaros”, que já foi exibida em mais de 80 festivais pelo mundo, chega às telonas do Brasil com técnicas mistas de referência estética expressionista.

Tito é um menino tímido de 10 anos que vive com sua mãe. De repente, uma estranha epidemia começa a se espalhar, fazendo com que pessoas fiquem doentes quando se assustam. Ele descobre que a cura está relacionada a uma pesquisa feita por seu pai ausente, de sua vida, sobre o canto dos pássaros. O garotinho, então, embarca numa jornada com seus amigos para salvar o mundo da epidemia. A busca de Tito pelo antídoto se torna uma jornada para encontrar seu pai e sua própria identidade.

“Tito e os pássaros” já foi indicado ao Annie Awards, como melhor animação independente. Além disso, a animação nacional é pré-indicada ao Oscar de animação 2019 e ganhou como melhor longa de animação no Festival do Novo Cinema Latino-Americano, de Havana. O filme também venceu o Anima Mundi 2018 com o prêmio de melhor longa infantil e foi selecionado para a mostra competitiva de Annecy, assim como para o Festival Internacional de Cinema de Toronto (TIFF).

Dirigido por  Gustavo Steinberg, André Catoto e Gabriel Bitar, a animação foge das arestas arredondadas e da computação gráfica exagerada. A trilha sonora é de Ruben Feffer e Gustavo Kurlat e entre o elenco de vozes da animação estão Denise Fraga, Matheus Nachtergaele e Mateus Solano.