(21) 2220-3300
New here? Register. ×

Exemplo que vem de casa

1 comentário
20ago

Por Marcus Tavares
Editor do site da revistapontocom

Fonte – Jornal O DIA

Será que esses empreiteiros, empresários e políticos – alguns inclusive reincidentes – que estão sendo indiciados e denunciados pelo Ministério Público convivem com crianças? Têm filhos, netos e ou sobrinhos adolescentes? Diante de tantas acusações, como eles se explicam para as novas gerações? O que falam? Como se defendem? Ou não se fala sobre isso? E se forem confirmadas as denúncias, será que tais cidadãos pensam a respeito dos exemplos que estão, definitivamente, passando para as crianças e jovens, para suas respectivas famílias?

Neste contexto, não são e não deveriam ser vistos apenas como empreiteiros, empresários e ou políticos. São adultos, pais, responsáveis. São exemplos. Triste, não? No microcosmo familiar, trata-se, no mínimo, de um profundo desrespeito para com as crianças e jovens que vão ocupar, naturalmente, os espaços do mundo de amanhã. O que estão deixando?

Pena (e assustador) se tais crianças e jovens cresçam achando tudo normal. Que não há limites para nada. Que em nome de si e dos seus tudo vale. Que a ganância e a impunidade são características do país. Que a honestidade, a compostura e a verdade são apenas discursos momentâneos para enganar os amigos, os clientes, os eleitores, o povo. Que a mentira e a falácia, essas sim, são instrumentos indispensáveis para conquistar e vencer.

Vejam bem: neste caso, não distamos diante do famoso “exemplo que vem de cima” é o exemplo que vem de casa mesmo.

Já falei neste mesmo espaço: se nos dias de hoje, crianças e jovens assimilam que burlar leis em benefício próprio é ser esperto, que o que mais vale é o ter e não o ser, que o que é público não é de ninguém, de que faça o que eu digo e não o que eu faço é o que se deve aprender, e que a corrupção é inevitável, de que forma eles agirão amanhã? Amanhã na escola, no trabalho, na vida?

Torço para que não seja assim. Torço para que as crianças e os jovens – de qualquer realidade – enxerguem e entendam, por meio dos adultos, preferencialmente, exatamente o contrário e que não se contaminem com tantas realidades que desautorizam a ÉTICA. E que o exemplo, então, venha de casa. Da minha, da sua. Dos empreiteiros, dos empresários, dos políticos. Da casa de todos.

Um comentário sobre... “Exemplo que vem de casa

  1. Com referencia aos politicos e empresários só posso dizer que a herança que irão deixar para as crianças: “COMO ROUBAR DE FORMA LEGITIMA, POIS SABEM COMO DRIBLAR O SISTEMA, AINDA TEM A CARA DE PAU DE DIZER QUE SÃO BRECHAS DA LEI “

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.