(21) 2220-3300
New here? Register. ×

Narrativas

seja o primeiro a comentar
20mar

De acordo com vários estudiosos a contação de histórias é um valioso auxiliar na pratica pedagógica de professores da Educação Infantil e anos inicias do Ensino Fundamental. As narrativas estimulam a criatividade e a imaginação, a oralidade, facilitam o aprendizado, desenvolvem as linguagens oral, escrita e visual, incentivam o prazer pela leitura, promovem o movimento global e fino, trabalham o senso crítico, as brincadeiras de faz-de-conta, valores e conceitos, colaboram na formação da personalidade da criança, propiciam o envolvimento social e afetivo e exploram a cultura e a diversidade.

A citação acima que defende a promoção da contação de histórias na educação é das professoras Linete Oliveira de Souza e Andrezza Dalla Bernardino, da Universidade Nove de Julho (Uninove), São Paulo. Ela consta do trabalho A contação de histórias como estratégia pedagógica na educação infantil e ensino fundamental, publicado na revista de educação Educere er Educare (volume 6, número 12 jul/dez, 2011).

De acordo com as professoras, o desenvolvimento infantil se dá num processo criado pela própria criança a
partir das interações que vivencia, sendo assim, a literatura infantil em especial a contação de histórias na educação infantil e ensino fundamental, como atividade interativa e pedagógica mediada pelo educador contribui para este desenvolvimento.

“Além disso, a história permite o contato das crianças com o uso real da escrita, leva-as a conhecerem novas palavras, a discutirem valores como o amor, família e trabalho, e a usarem a imaginação, desenvolvem a oralidade, a criatividade e o pensamento critico, auxiliam na construção da identidade do educando, seja esta pessoal ou cultural, melhoram seus relacionamentos afetivos interpessoais e abrem espaço para novas aprendizagens nas diversas disciplinas escolares, pelo seu caráter motivador sobre a criança”.

Em comemoração ao Dia do Contador de Histórias, celebrado no dia 20 de março (a data foi criada em 1991, na Suécia, com o objetivo reunir os contadores e promover a prática em todo mundo), a revistapontocom indica a leitura, na íntegra, do artigo das professoras. Acesse aqui e avalie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *