(21) 2220-3300
New here? Register. ×

Capital mundial da bicicleta

seja o primeiro a comentar
10dez

Do Jornal Público PT

Copenhague, capital Dinamarquesa, bateu pela primeira vez o recorde de utilizadores de bicicletas, em Novembro. Os esforços em tornar a cidade mais verde têm dado frutos. Actualmente há mais bicicletas do que carros a circular na cidade.

Em 2015, o tráfego de bicicletas era de 15% enquanto a circulação de veículos decresceu para 1%. Quer isto dizer que, no ano passado, o número de carros era de 252.600 tendo sido ultrapassados pelas 265.700 pessoas que optaram pela bicicleta enquanto meio de transporte alternativo.

Para chefe da Federação Dinamarquesa de Ciclismo, Klaus Bondam, há “um novo foco no urbanismo e a nova agenda de sustentabilidade [que] quebrou o telhado de vidro quando se tratava de ciclismo.” Razão pela qual nos últimos 20 anos o tráfego de bicicletas aumentou em 68%, noticia o jornal the Guardian.
Bondam salienta ainda que o “ciclismo passou de ser uma parte normal da vida diária para uma identidade central para a cidade”.

Em 2009, o município instalou o primeiro contador eléctrico de bicicletas. Actualmente existem 20 equipamentos como este a monitorizar o tráfego na cidade. Foram aplicados investimentos ao nível de infra-estruturas que resultaram em ciclovias específicas para bicicletas e pedestres que possibilitaram interligar toda a cidade.

Por sua vez, Morten Kabell, vereador para os assuntos técnicos e ambientais da cidade de Copenhaga salienta a importância de” ter um sistema verde sustentável”, pelo que vê com bons olhos a expansão do metropolitano prevista para 2019. Segundo Kobell, estas opções de transporte, amigas do ambiente ajudam a “aliviar o congestionamento e a poluição do ar”, diz ele.

Actualmente, a utilização da bicicleta como meio preferencial de transporte ronda os 41 %, mas o vereador revela que se trata de “um objectivo em constante evolução”. E, reconhece que aumentar o valor para os 50%, até 2025, assegurando que o núcleo central da cidade fica livre de carros “dentro de uma década” é uma meta a atingir.

Contudo a tarefa está longe de ser fácil. Prevê-se que nos próximos 15 anos a população de Copenhaga passe dos actuais 600 mil habitantes para 715 mil. Será necessário construir mais e melhores infra-estruturas e implementar uma rede de ciclovias mais eficiente que suporte o crescimento da população no centro da cidade.

Em Outubro, os habitantes da capital dinamarquesa foram convidados a compartilhar opiniões e informação sobre as áreas onde as ciclovias eram mais necessárias. com vista à elaboração de um mapa online. Será a partir da recolha desta base de dados que vai ser instituído futuro o Plano de Prioritário de Pistas de Ciclismo 2017-2025 que identificará onde é necessário construir, ampliar ou optimizar a intersecções das vias exclusivas para pedestres e bicicletas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *