(21) 2220-3300
New here? Register. ×

Fórum Pensar Infância

seja o primeiro a comentar
02set

Saiu a programação oficial do 7° Fórum sobre Políticas, Narrativas e Linguagens do cinema infantil no Brasil. O evento será realizado entre os dias 9, 10 e 11 de setembro, no Oi Futuro Flamengo, das 10 às 22 horas. As inscrições estavam abertas há 15 dias. Segundo a coordenação, as inscrições já se encerraram.

Acompanhe o evento na página do Facebook

O fórum será dividido pelas seguintes áreas temáticas:

A Infância vista por dentro – Médicos especialistas em neuropediatria, pediatria e psicanálise são convidados a nos ajudarem a entender a criança a partir da ideia de que a infância é uma construção neurológica, histórica e social. Com o propósito de colaborar com profissionais da indústria audiovisual brasileira na construção de conteúdos melhores para esta faixa de público, em pauta, novas pesquisas que decifram as transformações cerebrais que acontecem na infância explicam comportamentos típicos e sugerem como lidar com nossos meninos e meninas. Na tentativa de colocar realizadores do setor audiovisual em ligação direta com a criança de hoje, buscaremos elucidar as contribuições da medicina do mundo contemporâneo para a infância.

Crianças do século XXI – Um dos grandes desafios da indústria do audiovisual na atualidade é pensar a infância nesses tempos modernos, cercados de alta tecnologia e profundas mudanças de comportamento. Pessoas, empresas e organizações setoriais que voltam seus esforços para uma comunicação clara e direta para nossas crianças – aliando metodologias próprias, conhecimento e ideias sobre as causas pela infância – vem ao Fórum Pensar a Infância compartilhar seus pensamentos e ações dividindo com nossa plateia algumas reflexões sobre a cada vez mais complexa condição de ser criança neste século.

Quem investe no audiovisual para crianças? – O Fórum Pensar a Infância mapeia e celebra investimentos públicos e privados em produtos audiovisuais que buscam melhorar e aquecer o mercado direcionado para crianças, como a Lei 12.485, a Lei da TV por assinatura, que trouxe excelentes resultados, promovendo a competição, valorizando a cultura brasileira e incentivando uma nova dinâmica para produção e circulação de conteúdos audiovisuais produzidos no Brasil. Sem esquecer de apontar para caminhos que ainda devemos percorrer, colocaremos em pauta diálogos sobre desenvolvimento, investimentos, distribuição e aperfeiçoamento do audiovisual feito para crianças.

Políticas para o audiovisual – A necessidade de afirmação e de realização de políticas públicas de audiovisual para a infância é reconhecida por autoridades brasileiras. Por isto, acreditando no bom momento em que vive o audiovisual brasileiro voltado para as crianças, propomos conversas claras e objetivas sobre o investimento dos governos federal, estadual e municipais no audiovisual destinado à infância, abordando igualmente desdobramentos políticos, como os da regulamentação da propaganda dirigida às crianças ou a recente Lei 13.006 que torna a exibição de filmes de produção brasileira obrigatória nas escolas de ensino básico por, no mínimo, duas horas mensais, exigindo, assim, que sejam criadas ou repensadas práticas escolares e construindo, sem dúvidas, a formação do público do nosso cinema.

PROGRAMA-FPI_2SET-01

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *