(21) 2220-3300
New here? Register. ×

Prêmio Arte na Escola

seja o primeiro a comentar
12maio

Estão abertas as inscrições para a 17ª edição do Prêmio Arte na Escola Cidadã (PAEC). Os interessados têm até o dia 22 de maio para confirmar participação. A premiação, que acontece desde o ano 2000, tem o objetivo de revelar, reconhecer e dar visibilidade a iniciativas criadas e desenvolvidas por professores de Arte do ensino básico de todo o Brasil. A iniciativa é do Instituto Arte na Escola. As inscrições devem ser realizadas no site.

Os projetos devem ter sido realizados nos anos de 2014, 2015 e/ou concluídos até maio de 2016 em escolas de ensino regular, públicas ou particulares, em uma das quatro linguagens artísticas: Artes Visuais, Dança, Música e Teatro. Todos os inscritos ganharão uma prancha em formato A3 com a obra “O Sol quente no sertão”, de J.Borges, com uma proposição pedagógica.

Hoje o Brasil conta com aproximadamente 526 mil professores que ministram a disciplina de Artes na Educação Básica, que vai desde a Educação Infantil até o Ensino Médio. Esse é o público-alvo do prêmio.

Os professores premiados receberão R$ 10 mil, a oportunidade de participar da cerimônia de entrega dos prêmios em São Paulo, uma vivência cultural na cidade, publicações, além de certificado de participação e um troféu. As escolas nas quais os projetos premiados foram desenvolvidos também receberão prêmios, entre os quais a doação de um computador e uma câmera digital. Os vencedores terão ainda seus projetos educativos registrados em documentários produzidos pelo Instituto Arte na Escola.

Os projetos finalistas serão analisados por uma comissão nacional formada por um especialista em educação e por representantes de cada uma das linguagens da arte. Serão cinco categorias analisadas: Educação Infantil, Ensino Fundamental 1 (1º ao 5º ano), Ensino Fundamental 2 (6º ao 9º ano), Ensino Médio (1º, 2º e 3º ano) e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Em 2015, foram inscritos 667 projetos vindos de todos os estados brasileiros. Os projetos vencedores foram desenvolvidos por professores da Bahia, Pará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo. Conhecer arte abre múltiplas possibilidades para que o aluno compreenda o mundo sob uma perspectiva crítica e sensível, desvelando modos singulares de perceber e articular significados. A educação em arte propicia o desenvolvimento de competências que envolvem a compreensão estética, a imaginação, a percepção, o reconhecimento e a valorização de manifestações artísticas de diferentes tempos e espaços, que revelam códigos culturais e sociais que contribuem para a formação da sua identidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.