(21) 2220-3300
New here? Register. ×

Qual é o seu projeto?

seja o primeiro a comentar
Publicado em Destaques, Matérias
18jul

Com o título “Meus avós são estrelas”, Maria Áurea, professora do 1º ano do Ensino Fundamental, do Centro de Educação Infantil Nicolas Quagliariello Vêncio, em Palmas, Tocantins, foi uma das premiadas na 8ª edição do Prêmio Professores do Brasil.

Maria trabalhava com a turma de 14 alunos o conteúdo do livro Flicts, de Ziraldo, em sala, quando a figura do escritor de cabelo branco chamou atenção das crianças. Elas perguntaram à professora se ele era “velhinho” e logo fizeram associação com seus avós.

Foi aí que Maria decidiu falar sobre a terceira idade. Ela apresentou dois livros aos alunos: “Quero ter avós!”, de Silmara Rascalha Casade, e “O menino, seu avô e a árvore da vida”, de José Bortolini. O universo das pessoas mais velhas foi tomando conta da sala de aula. Fotos e objetos antigos levados de casa decoraram a sala. Crianças e avós compartilharam conhecimentos na escola, pois eles foram convidados a participar de atividades, como aula de culinária, confecção de brinquedos e plantio de horta medicinal.

Maria Áurea e os alunos reuniram todo o material produzido no ano de 2013 na revista “Meus avós são estrelas” e autografaram os exemplares, oferecidos aos pais.

Bem legal, não é mesmo? Pois bem, a experiência da professora Maria Áurea foi reconhecida e ela foi uma das ganhadoras do Prêmio Professores do Brasil, uma iniciativa, criada em 2005, pelo Ministério da Educação.

Neste ano, o prêmio chega na 10ª edição. Os professores interessados têm até o dia 25 de agosto para inscreverem seus projetos. O Prêmio objetiva reconhecer o mérito de professores pela contribuição dada à melhoria da qualidade da Educação Básica por meio do desenvolvimento de experiências pedagógicas bem-sucedidas.

Para conferir mais professores premiados clique aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *