(21) 2220-3300
New here? Register. ×

Seminário do CEBDS discute caminhos para desenvolvimento econômico sustentável

seja o primeiro a comentar
  • Um dos painéis do congresso do CEBDS
26set

Evento do CEBDS (Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável) gerou ideias para a nova versão do Visão 2050

A Amazônia tem estado nos trending topics do Brasil nos últimos meses. Com ela, debates importantes como desmatamento e desenvolvimento sustentável ganharam destaque para o debate sobre nosso futuro.

Futuro. Essa palavra tão cheia de significado e ao mesmo tempo tão abstrata. O futuro do meio-ambiente, dos negócios, das relações de trabalho, do empreendedorismo. O futuro da vida no planeta.

E foi com esse espírito que aconteceu em São Paulo, no dia 5 de setembro, o Seminário CEBDS Visão 2050: O Futuro é feito agora. Não por coincidência, o evento aconteceu exatamente no Dia da Amazônia. Quase como um pacto simbólico da prosperidade dos negócios com o ecossistema e a sustentabilidade.

Participaram cerca de 180 profissionais de 60 empresas associadas ao CEBDS (Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável). Dentre eles, representantes de gigantes do mercado como Shell, Siemens, Neoenergia, Alcoa, Braskem, Itaú e Cofco. Completando uma escalação de altíssimo nível, também participaram instituições como a
Abag, o planetapontocom e a Abrafrutas.

Foram vários painéis ao longo do dia, com debates sobre temas prioritários para o desenvolvimento sustentável do Brasil: clima, água, biodiversidade, impacto social, agricultura, transição energética, finanças sustentáveis, economia circular e vários outros.

Entretanto, não só para debates serviu o evento: também foram planejados pactos concretos. Houve um consenso claro de que o empresariado brasileiro precisa enfrentar desafios extremamente urgentes no curto e no médio prazo. Mais do que isso: é importante que os empreendedores sejam a vanguarda da transição para um mercado mais eficiente no uso da tecnologia, para otimizar os negócios e minimizar os impactos ambientais.

A presidente do CEBDS, Marina Grossi, fez questão de ressaltar o protagonismo dos empresários nesse movimento: “Os empresários devem se comprometer com esses valores. Eles é que farão a diferença para o cliente e acabarão afetando os resultados das empresas que lideram”, afirmou.

Marina Grossi, presidente da CEBDS

Além das reflexões e do aprendizado, as ideias planejadas nesse evento devem ser transformadas em um plano de ações concretas em breve. O documento Visão 2050, lançado em 2012, vai ser atualizado ao longo do próximo ano com os insights e colaborações feitas pelos participantes da edição de 2019. O texto fala de caminhos para um desenvolvimento econômico próspero e sustentável, pensando nos diferentes objetivos dos diferentes segmentos para as próximas décadas.

E o que a educação ganhou? Na perspectiva dessas empresas o maior problema que o Brasil precisa enfrentar para crescer de forma sustentável é a qualidade da educação, principalmente a pública. De diferentes maneiras a maioria dos empresários quer atuar contribuindo para a melhoria da educação. Aguardem nossas matérias sobre o que está por vir.

Um dos painéis do evento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.