(21) 2220-3300
New here? Register. ×

Dia Mundial do Rádio

1 comentário
10fev

13 de fevereiro é o Dia Mundial do Rádio – um dia para celebrar o rádio como um meio para melhorar a cooperação internacional entre as emissoras e incentivar as grandes redes e as rádios comunitárias para promover o acesso à informação, a liberdade de expressão e a igualdade de gênero. Como o rádio continua a evoluir na era digital, ele continua sendo a midia que atinge o maior público no mundo inteiro. Para a Unesco, é o canal ideal para consolidar a promoção da igualdade de gênero e o empoderamento das mulheres.

São estratégias da Unesco para o Dia do Rádio: sensibilizar proprietários de estações de rádio, executivos , jornalistas e governos a desenvolver políticas e estratégias relacionadas a gênero; eliminar estereótipos e retratando multiplas dimensões e segmentos no rádio; fortalecer habilidades para juventude na produção de rádio com foco nas meninas como produtoras, radialistas e jornalistas; e promover a segurança de mulheres radialistas.

Em seu site, a Unesco convida todos os países para celebrar o Dia Mundial do Rádio , planejando atividades em parceria com as emissoras regionais , nacionais e internacionais, organizações não -governamentais, da mídia e do público.

Leia o texto divulgado pela Unesco pelo Dia do Rádio – 2016.
No documento, a instituição reitera também a importância do rádio nas emergências humanitárias e situações de desastre.

O papel do rádio em emergências humanitárias e situações de desastre

Em todo o mundo, aumentam os casos de emergências humanitárias e desastres, com terríveis consequências para vidas humanas e, por vezes, reduzindo anos de desenvolvimento a nada. No meio das ruínas e diante de uma emergência, com frequência, o rádio é o primeiro meio para a sobrevivência. Sua durabilidade é uma vantagem incomparável, permitindo muitas vezes que resista a choques e retransmita mensagens de proteção e prevenção para a maior quantidade possível de pessoas, de uma forma melhor e mais rápida do que outros meios de comunicação e, com isso, salvando vidas.

Sua disponibilidade, simplicidade e baixo custo também tornam o rádio um meio que promove a vida em comunidade, oferecendo uma forma de fortalecer os laços sociais e assegurar a participação das pessoas em programas humanitários, bem como nas discussões que lhes servem de base. Inúmeros relatos de vítimas descrevem como o rádio permitiu que famílias separadas se reencontrassem, retomassem o contato e readquirissem a esperança. As rádios comunitárias são o exemplo perfeito desse processo e, por isso, devem ser apoiadas.

O poder do rádio também depende dos jornalistas, que estão entre as primeiras pessoas a chegar aos lugares para testemunhar os eventos e dão voz a atores e vítimas locais, para aumentar a conscientização e mobilizar recursos, sem o que não é possível ter ações humanitárias efetivas. Eles desempenham um papel crucial na apresentação dos fatos, evitando o sensacionalismo e a manipulação no debate público. É por isso que nada deve ser questionado no que diz respeito ao direito à informação ou à segurança dos jornalistas.

A Unesco estabeleceu sistemas de alerta para tsunamis, inundações e secas, assim como sistemas de monitoramento de terremotos e deslizamentos de terra. A Organização oferece assistência técnica, em todo o mundo, para todos os tipos de risco. Quando sítios protegidos se encontram em perigo, a Unesco entra em cena para salvar as referências culturais e históricas. Em todos esses âmbitos, e por sua capacidade de informar, retransmitir mensagens e contribuir para o debate e a reflexão, mesmo em tempos de crise, o rádio é um aliado indispensável.

Hoje, nós chamamos autoridades públicas e partes interessadas em desenvolvimento e ação humanitária para fortalecer os vínculos entre o rádio e as respostas emergenciais, para que as vozes de homens e mulheres, vítimas, equipes de salvamento e jornalistas, que nós ouvimos nestes momentos em rádios transistorizados, telefones celulares e computadores, sejam as vozes da vida e da esperança…

Um comentário sobre... “Dia Mundial do Rádio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *