Vitória para o meio ambiente, vitória para estudantes e para a cidade

O valor dos rios deveria ser mais bem explorado em sala de aula. Os rios sofrem com o despejo indiscriminado de dejetos e o abandono do poder público. Por outro lado, tem a sociedade que não contribui significativamente com a preservação e conservação dos corpos hídricos.

Em 2014, nasceu o movimento Carioca, o rio do Rio como solução a uma inquietação da equipe do planetapontocom: educar com e através de causas. O projeto, que virou lei, neste ano, visa ensinar aos alunos de 1º e 2º da Rede Municipal a importância ecológica e estratégica dos rios cariocas dentro do contexto socioambiental.

O valor desse movimento está na ideia de que, ao se envolver em uma causa, ao tomar consciência dos problemas sociais, ao se responsabilizar em cuidar do meio ambiente e da qualidade de vida de todos, as crianças e os jovens tornam-se protagonistas: de seu processo de aprendizagem; da transformação social na qual se engajam; desenvolvem competências sócio emocionais; aprendem conteúdos curriculares de maneira significativa e verdadeira exercendo a cidadania, aos 5, 6, 7, 8… 18 anos de idade.

Alunos e professores das 27 escolas situadas na bacia do Rio Carioca foram motivados a aprender e ensinar através de “aulas vivas” e de uma causa: salvar o rio Carioca. Para isso foram conhecê-lo. Clique aqui e confira o que diz respeito à Lei Nº 6.535, de 22 de abril de 2019.

Na semana do meio ambiente temos muito a celebrar, o Rio de Janeiro será a primeira capital brasileira a recuperar e preservar seus rios através das escolas. Ganha a educação e ganha o meio ambiente.