(21) 2220-3300
New here? Register. ×

MEC e MinC em favor da escola. Por que não?

1 comentário
13set

Dados da Agência Nacional do Cinema (Ancine) revelam que as salas comerciais de cinema estão concentradas em apenas 8% do território nacional e que a quantidade de obras audiovisuais brasileiras exibidas na TV aberta é muito pequena, o que explica que a maioria dos filmes produzidos no país permaneça inédita para grande parte da população. Eis uma das justificativas para que o Programa Nacional Biblioteca da Escola, do Ministério da Educação (MEC), inclua, além dos livros, a distribuição de filmes de produção brasileira para as escolas públicas de Educação Básica. Essa proposta foi feita e encaminhada, no dia 30 de agosto, pelo deputado Pedro Eugênio ao MEC.

Segundo o congressista, uma comissão de especialistas poderia efetuar a seleção e a avaliação dos filmes, assim como determinar a faixa etária adequada para cada título. As escolas teriam a opção de exibir os filmes para os alunos, professores, servidores ou mesmo para a comunidade. Poderiam, ainda, emprestá-los para os interessados.

Em sua sugestão ao MEC, o parlamentar também destaca a importância de o ministério se articular com o Ministério da Cultura com a meta de dotar a escola com equipamento audiovisual para a reprodução dos filmes. “É possível buscar a parceria do MinC que desenvolve, com enorme êxito, o Programa Mais Cultura, do qual faz parte a ação Cine Mais Cultura, cujo objetivo é ampliar o acesso ao cinema brasileiro, por meio da distribuição de equipamentos como telão, projetor, aparelho de DVD, caixas de som, obras nacionais em DVD, amplificador e microfone sem fio a entidades tais como bibliotecas comunitárias, pontos de cultura, associações de moradores, prefeituras, escolas e universidades da rede pública”, destaca.

Clique aqui e leia o texto da sugestão na íntegra

Leia mais
Cineclube na escola
Política pública para o audiovisual infanto-juvenil

Um comentário sobre... “MEC e MinC em favor da escola. Por que não?

  1. Apoio tais atitudes e acho relevante para o cenário brasileiro que vivemos, aliados com a diversidade dos temas abordados pelo cinema nacional atual, acredito que será de grande importância para alunos e professores das diversas redes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.