(21) 2220-3300
New here? Register. ×

Luís Erlanger

1 comentário
01dez

Achamos legítima a existência de classificação indicativa. Seria importante para a escolha dos pais até que outras entidades opinassem sobre a adequação da programação. O importante é que isso não seja transformado em censura e que a escolha democrática fique com os pais. Uma classificação indicativa é ferramenta de informação fundamental para que os pais possam exercer seu direito e dever intransferíveis de educar seus filhos. O que seria importante é que os critérios e os próprios classificadores fossem representativos da sociedade brasileira, que é multicultural e extremamente diversificada, o que não acontece hoje – uns poucos funcionários públicos decidem por todos nós. É importante ter em mente que o telespectador é exatamente o mesmo cidadão que vai às urnas eletrônicas periodicamente escolher o futuro do país. Nada mais democrático que ele exerça essa mesma cidadania com o controle remoto.

Luís Erlanger
Diretor da Central Globo de Comunicação. Depoimento concedido ao site do Rio Mídia, em 2007, logo após a aprovação da portaria 1.22o, sobre a classificação indicativa.

Posts relacionados

Um comentário sobre... “Luís Erlanger

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.