(21) 2220-3300
New here? Register. ×

Óculos-mouse: patente de jovens brasileiros

2 comentários
30jan

oculosmouse

Projeto – óculos-mouse
Instituição – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense
Localização – Rio Grande do Sul

Óculos-mouse: criação brasileira, produção juvenil. É isso mesmo. Os estudantes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandesense, Alexandre Sampaio, Cléber Quadros e Filipe Carvalho, se destacaram no Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica, realizado no final do ano passado, em Brasília. O trio, sob a supervisão do professor Márcio Bender, projetou óculos que funcionam como mouse, auxiliando, principalmente, o acesso ao computador das pessoas portadoras de necessidades especiais.

Segundo Bender, a ideia tem tudo para ser comercializada exatamente por se tratar de uma tecnologia que permite a inclusão de deficientes físicos. Por meio de um sistema eletrônico interligado, que utiliza um emissor de luz infravermelha e um receptor fixados em um par de óculos, é possível acionar o clique do mouse com apenas um piscar de olhos. “O equipamento é eficiente, de baixo custo e atende às necessidades e limitações do usuário”, afirma o professor.

Já para a movimentação do cursor, foi desenvolvido um sistema de sensores, colocados em locais específicos nos óculos. Eles captam a inclinação da cabeça, tanto para a direita como para a esquerda, e transmitem o sinal ao mouse.

Alexandre, Cléber e Filipe têm consciência da importância de sua criação. Em Brasília, o trio foi muito assediado pelos visitantes, interessados em mais informações sobre o projeto. “Eles queriam saber detalhes, até mesmo para poder reproduzir mais tarde”, explicam.

O óculos-mouse também é um dos projetos finalistas da categoria Engenharia/Eletrônica da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), que será realizada entre os dias 9 e 13 de março deste ano.

2 thoughts on “Óculos-mouse: patente de jovens brasileiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.