(21) 2220-3300
New here? Register. ×

Política pública aliada à midiaeducação

seja o primeiro a comentar
05mar

Projeto – Luz, Câmera, Educação
Instituição –  Prefeitura da Barra do Piraí
Localização – Rio de Janeiro

De 6 a 10 de março, acontece, em Barra do Piraí, o 1º Festival Internacional Estudantil de Cine e Vídeo. O evento é um desdobramento do Projeto Luz, Câmera, Educação que o município criou com o objetivo de estimular e incentivar entre os alunos das escolas da região – estaduais, municipais e particulares – a produção audiovisual.

Cerca de 300 jovens participaram das oficinas. O trabalho resultou na criação dez vídeos – criados, produzidos e finalizados pelos adolescentes – que participarão do Festival, concorrendo em diversas categorias. No blog do projeto, é possível conferir algumas notícias e assistir a alguns vídeos.

http://poloaudiovisual.blogspot.com/

Por trás da medida está a criação do Pólo Audiovisual de Barra do Piraí, uma política pública da prefeitura  que pretende transformar o local, famoso por suas fazendas do ciclo de café, em locações para diversas produções, ampliando e favorecendo assim o mercado de trabalho dos cerca de 88 mil habitantes.

Confira a relação das escolas e dos filmes que concorrem ao festival:

Colégio Estadual Nilo Peçanha
– Paradoxo. Narra a história de um senador corrupto envolvido num caso de pedofilia.
– Nosso Amor é Para Sempre. História de um jovem casal apaixonado, onde o rapaz é acometido por um súbito surto de ciúmes que o leva a planejar a própria morte.

Escola Estadual Adelino Terra
– Capitão Mata Gente. O curta narra parte da vida do Capitão Antônio Gonçalves de Moraes – o dito Capitão Mata Gente – membro da aristocracia rural envolvido num crime na época do Império e que o transformou numa lenda da região.

Escola Estadual Prof. Maria de Nazareth S. Silva
– Pintaroxo. O filme conta a saga do escravo Francisco – chamado Pintaroxo – que recebe a mesma educação dos meninos brancos da Fazenda onde nasce. Vendido após a morte de seu benfeitor e apesar de sua instrução experimenta as agruras do cativeiro.

Escola Municipal São José do Turvo – Turvo
– Uivos Na Noite. O filme fala sobre a incidência de casos de alcoolismo numa comunidade rural que vive também atemorizada pela lenda do lobisomem.

Escola Estadual M. Marieta Vasconcelos C. Coelho – Dorândia
– Pop Star. O vídeo conta a história de um festival de bandas realizado na escola.

Ciep 428 Profa. Mariana Coelho V.Alegre
– Uma Escola Mal Assombrada. O curta traz a história de alunos com notas vermelhas que resolvem invadir a escola à noite para adulterarem as notas dos boletins. Na noite da invasão são surpreendidos por um antigo morador da escola.

Ciep 284 Nely Toledo Rocha Califórnia
– Páginas de Uma Triste Vida. O curta conta a história de uma jovem prostituta que cresceu numa periferia onde reina a violência, o crime e o tráfico de drogas. Ao se descobrir grávida, vive o drama de não saber quem é o pai da criança.
Instituto de Educação Nossa Senhora Medianeira
– Despertador. Aluno com baixo rendimento letivo recebe da professora a incumbência de fazer um trabalho sobre o poeta Carlos Drummond de Andrade. Ao retirar da biblioteca um livro sem autorização é condenado a passar as férias dentro da escola.

Colégio Comercial Cândido Mendes
– Herivelto. O filme narra a infância e a primeira juventude do compositor Herivelto
Martins, passadas em Barra do Piraí. Maduro, o compositor relembra a cidade que formou a sua personalidade artística.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.