(21) 2220-3300
New here? Register. ×

O Pinóquio e a política

8 comentários
22set

Por Artur Melo, 10 anos
Estudante do 6º ano do Ensino Fundamental, da Escola Sá Pereira

Vocês devem estar se perguntando o que tem a ver Política com o Pinóquio , pois, então vou contar. Por incrível que pareça, Pinóquio foi inventado em 1881, muito tempo atrás, na Itália, e parece que o autor está passando uma mensagem subliminar sobre o Brasil, hoje, em 2014. O Brasil das eleições.

Pinóquio detestava se esforçar para qualquer coisa, adorava facilidades. Um dia, estava andando cheio de alegria porque tinha ganho cinco moedas de ouro. Até que encontrou, pelo caminho, uma raposa que se fingia de manca e um gato que, como a raposa, se fingia de cego. Sabendo que Pinóquio tinha cinco moedas de ouro, falaram para ele que poderia transformar essas cinco moedas em mil, duas mil, era preciso simplesmente plantá-las no campo dos milagres e elas brotariam em grande quantidade.

Pinóquio, que adorava facilidades, aceitou sem pestanejar, com um desejo na mente: ficar rico. Pelo caminho, Pinóquio teve todos os conselhos de outros animais dizendo que os dois eram vigaristas e teve diversas pistas dadas por eles mesmos, mas Pinóquio estava tão cego que não conseguia perceber nada.

Pinóquio, depois de uma longa caminhada, chegou em uma cidade nomeada de Enganatrouxas, que seria o lugar onde ele plantaria suas moedas de ouro. Era terrível o lugar! Tinha muita sujeira, pobreza, destruição e muitas outras “ruindades”, era mesmo um lugar horrível. Mas mesmo assim Pinóquio não conseguia perceber nada.

Pinóquio cavou um buraquinho na terra e botou suas moedas lá, como a raposa e o gato recomendaram. Pinóquio esperou vinte minutos e depois voltou em busca de uma árvore com duas mil. Mas não viu foi nada, ficou desesperado, correu, cavou no mesmo lugar onde tinha enterrado, mas não encontrou. No silêncio profundo do lugar ele escutou uma risada… Era um papagaio, que lhe disse que os dois vigaristas haviam roubado suas moedas de ouro. 


Vocês devem estar se perguntando o que isso tem a ver com a Política. Pois bem, vou explicar, vocês não acham que essa raposa e esse gato não lembram os políticos enganando o povo no Brasil? E enganando de um jeito tosco, pois está na cara que é mentira. E o Pinóquio? Ele não parece o povo, que mesmo estando na terra dos Enganatrouxas, não percebe que está sendo enganado? 

8 thoughts on “O Pinóquio e a política

  1. Artur, vc se supera a cada história. Incrível sua capacidade de perceber, criticamente, as coisas de nosso cotidiano. Parabéns!!! Sou sua fã!!!

  2. Artur,você é DEMAIS!!!!!!!!!!!!! O seu texto tinha que ser publicado em todos os veículos de comunicação para alertar este nosso povo tão chegado a ser “pinóquio” também……
    Parabéns pela sua lucidez!
    Beijo,
    Tania

  3. Arthur,
    Facilidades pode gerar dificuldades ou até mesmo ações ilícitas. Pinóquio queria ficar rico sem trabalho e com pensamento (meio) mágico de enterrar (emprestar, investir…) conseguir multiplicar seu dinheiro. Temos dois polos querendo ganhar fácil, sem dificuldades, tanto pinóquio quanto os vigaristas.
    Existe no nosso país tanto os “pinóquios” quanto as “raposas e gatos” agindo de forma livre e desimpedida.
    Beijos, continue criativo e critico como você tem sido.
    Ana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *