(21) 2220-3300
New here? Register. ×

Um dia com Nicolau

21 comentários
27ago

Por Artur Melo, 10 anos
Aluno do 5º ano do Ensino Fundamental, da Escola Sá Pereira

Terça -feira, à noite, estava lendo um dos livros do Pequeno Nicolau, mas já com sono. Fui dormir. Às 7h 55m senti me cutucarem e acordei. Olhei para o relógio e ainda não eram 8h, pois ele ainda não tinha tocado. Olhei para trás e lá estava o Pequeno Nicolau, me olhando misteriosamente…

Esfreguei os olhos, pois não estava acreditando no que via, era ele mesmo, verdade, pisquei, pisquei e ele continuou lá. Então, é claro, não perdi nenhum minuto, pulei da cama e começamos a conversar.

– Inacreditável você aqui! Como você conseguiu sair de um livro?
– Artur, você não sabia que coisas impossíveis também podem acontecer?
– Como você sabe me nome? perguntei admirado
– Ué, eu também leio as suas histórias na revistapontocom, disse ele.
– Ah, entendi, respondi. Já ia me esquecendo de dizer: hoje é dia de futebol e se você quiser ficar por aqui terá que ir comigo.
– Eu adoro mesmo bater uma bolinha!

Saímos do quarto, passamos pela sala, meus pais se assustaram, lembraram do menino do filme. Logo gostaram de Nicolau também, mas desconfio que eles sempre ficam com aquela pulguinha atrás da orelha, pensando se eu não teria ainda mais motivo para fazer umas boas traquinagens.

Chegamos ao futebol. Fomos conversar com o técnico para pedir para que Nicolau pudesse jogar. Claro que ele deixou, não é sempre que temos uma visita ilustre e um futebol que pode virar história de livro… Por sorte, ficamos no mesmo time, jogamos muito, faltava apenas um minuto para o jogo acabar e o placar estava 2 a 2, então PRRIIIII!! Pênalti para nós! Era o último lance do jogo. O juiz apita. Nicolau vai bater… E aí, leitores, o que vocês acham? Ele marcou ou não esse gol? Ou será que isso tudo não passou de um sonho meu, naquela quarta, amanhecendo?

21 thoughts on “Um dia com Nicolau

  1. Ah… que delícia esse seu encontro com Nicolau! Também sou grande fã desse francesinho arretado. Faço uma idéia o tanto que vocês dois “trocaram de figurinhas”. Obviamente ele fez um super golaço e, certamente vocês dois vibraram muito! Agora, que esta história deixou um clima de continuação, fico esperando, desde já, o resto dela. Muitos beijos, parabéns (de novo) e até a próxima.

  2. Mais uma vez, Artur, parabéns!!!!

    Como sempre as suas histórias são cinematográficas, seus desenhos possuem movimento e sua imaginação é “um gol de placa”. Você tem algum programa , tal qual o moviemaker, na INTERNET? Se tiver, aproveite e brinque de fazer cinema com essa ferramenta. Experimente e depois me conte!!!
    Beijos ,
    Miriam Andrade

  3. Foi gooooooooooooooooool!!
    E vc e o Nicolau fazem uma dupla e tanto!
    Parabéns Artur!
    Cristina Ribeiro

  4. Menino moleque, está mesmo “batendo um bolão” ao escrever essas histórias… Parabéns e muito sucesso!!!

  5. Oi Artur, se o Nicolau marcou ou não o pênalti eu não sei, mas que você está jogando um bolão… ah, isso é que está! Parabéns, não solte a pena! Beijo carinhoso.

  6. Oi querido, que bom ver você escrevendo novamente. Só mesmo você com este seu olhar, para me apresentar um Zoo Argentino, deve ter sido uma aventura maravilhosa. Através de você pude me imaginar segurando uma Iguana que morro de medo, mas achei uma delícia. Vou aguardar novas aventuras. Beijos

  7. Oi Artur, depois de ler sua aventura, fiquei com uma baita vontade de ir nesse zoo fazer carinho nesse leãozinho. Bjs.

    PS. Não demora muito não, adoro suas estorias.

  8. Artur, é impressionante ver, nas suas palavras, o quanto você aproveita cada experiência nova… Muito legal. Que tal contar da neve também? E o sotaque dos argentinos? Deu para entender tudo?? Puxa, essas férias podem render muitas e muitas (otimas) crônicas. bjs

  9. Querido Artur, este texto “diferente”, mais um artigo, também está ótimo! Como sempre, aliás. Estou gostando de ler este seu “passeio” por outras formas de escrita. Parabéns! Continue assim!
    Tania

  10. Artur, meu querido… você, que sempre escreve coisas tão engraçadas, agora escreveu a sério heim… Você escreveu uma bela crônica, sabia? É… uma ótima crônica, porque você levou os leitores a conhecerem algumas coisas reais, sobre algum lugar real, através da sua narrativa, do seu contar (E apenas uma pequena parte (do que poderia ser uma grande história!). E eu fico encantada em ver como você desenvolve mais a sua escrita a cada dia… sempre com novos elementos. Parabéns! Eu fico muito feliz… bj-bj-bj!!!!

  11. Arutr, meu querido… você, que sempre escreve coisas tão engraçadas, agora escreveu a sério heim… Você escreveu uma bela crônica, sabia? É… uma ótima crônica… E eu fico encantada em ver como você deselvolve mais a sua escrita a cada dia… sempre com novos elementos. Parabéns! Eu fico muito feliz… bj-bj-bj!!!!

  12. Que viagem maravilhosa por esse zoológico encantado! Também quero um leãozinho! Parabéns, Artur!

  13. Querido Artur! Que delícia ler sobre suas novas aventuras, agora ao vivo e a cores! Nossa, adoraria estar junto com você para vivenciar também a maravilha de conviver, mesmo que um pouquinho, com animais tão diferentes e especiais! A próxima vez que for à Argentina irei conhecer esse Zoo. Só para variar, estou cheia de saudade e louca para comer um brigadeiro de morango com você. Vamos marcar? Parabéns por mais um belo texto, este, super especial. Carinhos.
    Angela

  14. Artur querido, que suas historias sao incríveis, isso e fato. JA viajei contigo em vaaaarias delas! Mas conhecer esse zoológico pelas suas palavras foi muito bacana…Imaginei cada momento, cada bicho…Que experiências, hein?! Você me deixou com água na boca e já coloquei o Lujan na lista dos meus lugares pra conhecer!
    Bjim cheio de carinho,
    Carla

  15. Caro Arthur:

    Trazer sonhos realizados de uma viagem é a melhor coisa que pode acontecer em nossa vida. Animei-me para ir a esse Zoo também. Quem sabe, no verão.
    Aprecio as suas histórias. Continue escrevendo. Faz bem à alma.
    Un fuerte y cariñoso abrazo,
    do Tio Marcio

  16. Oi, Artur, fiquei muito feliz que você realizou o seu sonho de conhecer este zoo tão diferente. Imagino a farra! E… as descobertas! Estou ansiosa esperando pelas suas histórias.
    Beijo carinhoso e continue escrevendo!
    Rachel Bassan

Deixe uma resposta para CArla Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.