(21) 2220-3300
New here? Register. ×

Você tem fome de quê?

9 comentários
11mar

Por Artur Melo, 10 anos
Aluno do 6º ano do Ensino Fundamental, da Escola Sá Pereira

Inspirado no projeto Você tem fome de quê?, que será trabalhado pela escola dele, o nosso escritor Artur Melo está de volta. Estreia em 2014 com um poema reflexivo sobre o tema. Novas histórias vêm por aí. Aguardem!

Você tem fome de quê?

Eu tenho fome de jogar, de correr, de nadar
Desenhar, pular, escalar, balançar,
Andar de bicicleta, de skate,
Eu tenho mesmo é fome de brincar.

Tenho fome de queimado, futebol, handball,
Pique bandeira, três cortes, ping pong, taco,
Fome de vôlei e de lutar Krav Magá,
Tenho uma fome de esportes.

Tenho fome de amigos, de conversar, de ficar com os meus avós,
Fome de amar meus pais, tão queridos,
Que eu amo mais que tudo no mundo.
Fome de brincar com os animais, de respeitar a natureza.
Tenho fome dessa forma de amar.

Tenho fome de viajar, andar de jet sky, ir ao cinema,
Aos zoológicos, aos restaurantes, conhecer lugares novos
Parques de diversão, esquiar, andar de barco
Sou  fominha pra passear.

Tenho fome de gargalhar, de zoar e fazer graça,
Inventar piadas, rir até chorar, tenho fome de me divertir.
Conhecer, pesquisar, aproveitar as coisas boas,
Ouvir histórias e criar,
Essa é a fome de aprender.

Não poderia faltar, a fome de pizza, de chocolate, de bolo da vovó,
Bolinho de chuva, gelatina, nutella, ovomaltine,
Pão de queijo, cachorro quente, hambúrguer,
Churrasco, peixe, espaguete e fritas quentinhas,
Ai, que fome! Vou correndo jantar.

9 thoughts on “Você tem fome de quê?

  1. Querido Artur!
    Parabéns! Seu poema é lindo, maravilhoso!!! Já li, reli e vou levá-lo para meus alunos lerem tb. Continue nos presenteando com sua criatividade, seu talento,sua inteligência. Um bj em seu coração.

  2. Ah, meu menino querido… Quanta fome de brigadeiro com morango, lembra? Delícia! Agora, vou te contar que você tem uma fome enorme de viver, ser feliz e nos fazer felizes com seus texto e, agora, poemas. Tenho muita fome disso tudo também e faço coro com a Cristina Ribeiro, quando sugere a publicação das “Histórias do Artur”! Não seria o máximo um livro com seus escritos? Oh fome danada!!! Beijos e amor.

  3. Artur ,

    Que bom saber que vc “tem fome”, e , também é “fominha” de comida, cultura e arte. GRANDE , GAROTO l!!!!
    Beijos da fãminta,
    Miriam Andrade

  4. Artur, tenho fome de estar com os meus amigos, fome de conhecer novos lugares e,principalmente, fome de conhecer mais meninos inteligentes como você.
    Beijo.

  5. Artur que fome que me deu!!
    E sabe do quê? De ver tudo que você já escreveu até agora editado em um livro !!!
    Eu quero!
    Parabéns Artur
    Cristina ribeiro

  6. Artur, lemos em voz alta, como crianças que têm fome de sorrir.
    Adoramos e ficamos emocionadas.
    Tivemos a mesma expressão: que lindo!

  7. Valeu, garoto. Maneiríssimo. Que mantenha essa fome de curiosidade por todo o sempre. Abração, do Prof. PH.

  8. Artur, tenho fome de tantas coisas que nem sei dizer.
    Só sei que tenho fome de gente inteligente como você…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.