(21) 2220-3300
New here? Register. ×

#BrasilNaDefesaDaInfancia

seja o primeiro a comentar
20maio

Para combater a violência e a exploração sexual de crianças e jovens durante a Copa do Mundo, a Childhood Brasil está promovendo a campanha #BrasilNaDefesaDaInfancia. O objetivo é sensibilizar e alertar turistas, torcedores e a população brasileira sobre a imprescindível necessidade de evitarmos qualquer tipo de violência contra crianças e adolescentes durante o m’undial.

“Estamos empenhados em dar visibilidade ao assunto, pois acreditamos que a informação e o engajamento de todos são uma arma para enfrentar o problema. Queremos contribuir para que esse megaevento deixe um legado positivo para crianças e adolescentes brasileiros”, diz Ana Maria Drummond, diretora-executiva da Childhood Brasil.

Para apoiar e compartilhar o movimento, os jogadores Neymar e Daniel Alves gravaram um vídeo alerta para que o Brasil jogue na defesa dos direitos de crianças e adolescentes. Diz Neymar: “É importante que todos denunciem esse tipo de violência. Esse é um papel de todos nós: proteger as crianças e os adolescentes; não só em ano de Copa, mas pelo resto de nossas vidas”.

Daniel Alves também se alia a causa: “Sabemos que em muitas famílias o abuso e a exploração sexual aconteceram ou acontecem. Por isso, é importante que a gente discuta esse assunto nas nossas casas, com os amigos e conhecidos. Encarar o assunto é o primeiro passo para enfrentar algo que é tão complicado e grave”.

Para levar a mensagem a turistas nacionais e estrangeiros e também para toda a população, a Childhood Brasil contará com o apoio dos canais de comunicação de parceiros estratégicos como Atlantica Hotels, EY (antes Ernst & Young), GRU Airport, Grupo CCR, Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e a TAM Linhas Aéreas.

“Os parceiros envolvidos entendem que seu papel é também levar a mensagem por todo o Brasil. É importante que todos os brasileiros ajudem, compartilhem o vídeo e deem voz a esta causa, para que mais pessoas conheçam o problema e saibam como agir pela proteção de nossas crianças”, explica Anna Flora Werneck, coordenadora de programas da Childhood Brasil.

A participação desses parceiros garantirá que hotéis, aeroportos e estradas – por onde efetivamente passam os turistas – estejam cobertos pela campanha.

O que você pode fazer?

Para atuar como agente de proteção da infância e denunciar casos de violências contra crianças e adolescentes, disque 100, o número do Disque-Denúncia Nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.