(21) 2220-3300
New here? Register. ×

Carta de Ouro Preto

seja o primeiro a comentar
03jun

Os membros da Associação Brasileira de Preservação Audiovisual – ABPA, reunidos no Encontro Nacional de Arquivos e Acervos Audiovisuais por ocasião da 9ª Mostra de Cinema de Ouro Preto – CineOP, vêm a público indicar a urgência da construção de um Plano Nacional de Preservação Audiovisual, voltado para a salvaguarda dos acervos audiovisuais, a ser estabelecido como Plano Setorial do Sistema Nacional de Cultura, articulado com o Instituto Brasileiro de Museus, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o Sistema Setorial de Patrimônio, o Conselho Superior de Cinema, a Agência Nacional de Cinema, a Secretaria do Audiovisual, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, assim como com órgãos das esferas estaduais e municipais.

Para a construção desse Plano Nacional de Preservação Audiovisual, a ABPA busca a ampliação da interlocução com os órgãos responsáveis, reivindicando:

Assento para a ABPA no Conselho Superior de Cinema;
Assento para a ABPA no Conselho Consultivo da Secretaria do Audiovisual;
Reunião da ABPA com o Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual.

A ABPA recomenda a ampliação do intercâmbio e da colaboração com arquivos audiovisuais da América Latina, Caribe e África, assim como a homologação pelo Governo Brasileiro da Recomendação para a Salvaguarda e Conservação das Imagens em Movimento da Unesco de 27 de outubro de 1980.

A ABPA, ao término da 9ª CineOP, testemunha o avanço significativo da área nos últimos anos, indo além do eixo Rio de Janeiro e São Paulo ao englobar um grande número de instituições detentoras de acervos audiovisuais de todo o país. Essa nova configuração está em sintonia com um cenário da política cultural governamental de investimento na democratização e territorialização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *