(21) 2220-3300
New here? Register. ×

Chiclete

seja o primeiro a comentar
25mar

Por Marcelo Naranjo
Do Universo HQ

Ora, bolas! – A inusitada história do chiclete no Brasil, do jornalista Gonçalo Junior chega nesta semana às livrarias pela Alameda Editorial. São 220 páginas coloridas, nas quais o pesquisador oferece aos leitores nostalgia e volta à infância ao contar desde como a goma de mascar chegou ao Brasil durante a Segunda Guerra Mundial à febre das figurinhas, passando pelas primeiras fábricas, a concorrência entre Ping-Pong e Ploc até chegar em sua influência cultural no país – no comportamento, música, literatura e nas histórias em quadrinhos.

Nas décadas de 1950 e 1960, para popularizar o produto no país, a Adams criou três dezenas de histórias em quadrinhos com os personagens Juquinha e Zezinho, em aventuras pelo Brasil e pelo mundo. As HQs – resgatadas no livro – traziam aventuras de uma página e, no final, o herói era premiado com uma caixa de chiclete. Sem contar, acrescenta Gonçalo, que a goma de mascar inspirou o título de uma famosa série de HQs criada por Angeli e publicada há décadas no jornal Folha de S.Paulo- Chiclete com Banana.

Como diz o autor, graças a uma eficiente estratégia de marketing, o chiclete se estabeleceu como um lucrativo negócio que movimenta muitos milhões de reais todos os dias: caiu no gosto das crianças, seduzidas principalmente pelas figurinhas, e acabou por conquistar os adultos – consumidores, médicos e dentistas, com as gomas diet, aprovam o consumo da guloseima.

Uma história que vale a pena ser conhecida, acredita Gonçalo, pela curiosidade e por sua forte carga emocional, já que transporta o leitor ao tempo em que era divertido fazer bolas de chiclete com a boca e colecionar figurinhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *