(21) 2220-3300
New here? Register. ×

Computador na escola

3 comentários
Publicado em Matérias
12set

Crianças e computador. Certo ou errado? O tema é polêmico e controverso, pelo menos para as escolas. Para as escolas, porque para a maior parte das famílias que tem acesso à tecnologia o uso é bastante rotineiro. Fato comprovado pela Pesquisa Nacional Por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada na última semana. De acordo com o IBGE, a faixa etária entre 10 e 14 anos foi a que registrou maior aumento de acesso à web. Em 2005, eram 24,3%. Em 2009, pulou para 58,8%. Pode a escola ignorar esta realidade?

No próximo dia 14, haverá um bom debate sobre o tema. Acontecerá, em São Paulo, na USP, o 3º Encontro sobre os Laptops na Educação. Segundo a coordenadora e idealizadora do evento, a professora Denise Vilardo, “o sucesso escolar não depende das máquinas, mas certamente o uso que se fará delas nos trará inúmeras possibilidades de novos conhecimentos, de circulação de informação mais atualizada e de uma ressignificação da aprendizagem com mais sentido”.

O encontro reunirá representantes governamentais e, o mais interessante, professores de vários cantos do país que já vêm trabalhando, de forma piloto, no programa Um Computador por Aluno (UCA), no qual estudantes recebem um laptop para as atividades escolares.

Informações no site do encontro

3 thoughts on “Computador na escola

  1. Atualmente, não há como separar educação do uso das tecnologias na educação, principalmente se falando do computador e a internet. O que é preciso destacar, é que os professores precisam se adaptar a esta ferramenta de trabalho que só tende a estimular a criatividade e participação dos alunos em sala de aula. A grande questão, é que precisa-se ter planejamento e principalmente um projeto para se trabalhar com os alunos.
    O trabalho dos professores de informática educativa nos laboratórios de informática aqui na minha cidade, por exemplo, tem dado muito certo e tem motivado os alunos a participarem das aulas com mais empolgação, através da pedagogia de projetos neste setor.

  2. Isso já é realidade embora ainda não atinja todos os estudantes como deveria, mas já é um bom começo este reconhecimento. Bem sabemos que a escola em si, não ignora esta realidade, o que existe é falta de comprometimento das autoridades competentes para que todos possam exercer o mesmo direito à tecnologia.

  3. Otima noticia, as aulas informatizadas trará um incentivo a mais no ensino aprendizagem, desejo que chegue à escola em que trabalho, mas sei que precisarei de capacitação profissional para utilizar com desempenho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *