(21) 2220-3300
New here? Register. ×

Crianças vítimas de racismo

seja o primeiro a comentar
22dez

Por uma infância sem racismo. Este é o slogan do projeto que o Unicef /Brasil acaba de lançar. Segundo a instituição, a discriminação racial não apenas persiste no cotidiano das crianças no Brasil, como também se reflete nos números da desigualdade entre negros, indígenas e brancos.

A campanha quer fazer um alerta sobre a necessidade da quebra do círculo vicioso do racismo para estimular a criação e o fortalecimento de políticas públicas voltadas para as populações mais vulneráveis. Só para se ter uma ideia, das 530 mil crianças brasileiras que estão fora da escola, 62% são negras. Mesmo sendo mais de 54% do total de crianças do país, crianças negras e indígenas são as mais excluídas.

Para a primeira etapa da campanha, foram produzidas peças gráficas criadas pelas agências Ogilvy e AW Comunicação, parceiras da ação. A iniciativa conta com a participação do ator e embaixador do Unicef no Brasil, Lázaro Ramos. Lázaro gravou um filme de 4 minutos, em que o texto demonstra a situação das crianças negras e indígenas no Brasil. O filme tem uma versão de 27 segundos para ser veiculado nos canais de televisão que apoiam a campanha.

Além disso, como parte da campanha, será disseminado um folheto institucional que propõe “Dez maneiras de contribuir para uma infância sem racismo”, com orientações sobre como identificar, evitar e combater atitudes e ações discriminatórias. A campanha terá duração de um ano e será acompanhada de um blog (www.infanciasemracismo.org.br).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.