(21) 2220-3300
New here? Register. ×

Filmes sobre infância e adolescência na Mostra Geração

seja o primeiro a comentar
Publicado em Matérias
23set

Tudo pronto para a Mostra Geração deste ano, segmento infanto-juvenil do Festival de Cinema do Rio. O evento começa no dia 24 de setembro e vai até o dia 8 de outubro. A coordenação divulgou a relação dos filmes que foram selecionados para a Mostra Geração. Um dos destaques fica por conta do longa O lar das borboletas escuras, produção finlandesa. Confira todos os títulos. Os horários e locais podem ser conferidos no site do festival.

– As aventuras de Gui & Estopa – Brasil – 2008
Classificação indicativa – 16 anos

A história de dois produtores inexperientes que decidem fazer uma série de animação chamada As Aventuras de Gui e Estopa. Um dos produtores é estressado e o outro totalmente relaxado. De forma divertida, o público descobre com Stress e Relax como é feito um desenho animado, desde o roteiro até o lançamento nas salas de cinema. Entre uma etapa e outra da produção, Stress e Relax apresentam suas criações. 

– Nossos filhos pontocom – Brasil – 2008
Classificação indicativa – 16 anos
A linguagem usada pelos adolescentes na internet é mostrada por meio da correspondência entre dois jovens que discutem seu relacionamento on-line.

– Kata – Brasil – 2008
Classificação indicativa – 16 anos

Quando o circo chega à cidade, Kata, menina trapezista e filha de artistas, começa a frequentar a escola. É recebida com preconceito pelos outros alunos, mas um menino indígena torna-se seu amigo.

– Guido e Gaspar – Brasil – 2008
Classificação indicativa – 16 anos

A relação entre dois irmãos que moram e trabalham no campo, com a amizade e os conflitos de interesses reais ou imaginários comuns na infância.

– Gol a gol – Brasil – 2008
Classificação indicativa – 16 anos

Gus é o melhor jogador da escola. No seu último dia de colégio, é desafiado pelo irmão menor e deverá escolher entre ganhar o jogo ou perder do irmão. Vencedor do troféu Histórias Curtas para melhor ator coadjuvante.

– As férias do Lord Lucas – Brasil – 2008
Classificação indicativa – 16 anos

Lucas, um menino de 8 anos, se impressiona com histórias em quadrinhos sobre vampiros. Quando a irmã adolescente aparece com uma marca roxa no pescoço, Lucas resolve agir e acabar com o Vampiro Mestre. Vencedor do troféu Histórias Curtas 2008 nas categorias Melhor Roteiro, Melhor Ator e Melhor Atriz Coadjuvante, além de ter vencido o prêmio de Melhor Filme na Mostra Internacional de Cinema Infantil de Florianópolis em 2009.

– Valo – Finlândia – 2005
Classificação indicativa – 10 anos

Baseado no diário de infância do artista e filósofo Aleksanteri Ahola-Valo (1900-1997), o filme é ambientado na Finlândia do começo do século XX, quando o país era parte do Império Russo. Aos 8 anos, Valo e o pai seguem exilados para uma aldeia do interior. Lá, o colégio primário é fechado por autoridades que o acusam de subversivo. Motivados pelo desejo de estudar, Valo e seus amigos decidem abrir uma escola. O filme, apoiado pelo Unicef, foi premiado na Mostra Geração 2007 e em cinco festivais internacionais de filmes para o público infanto-juvenil.

– Somos Todos Diferentes – Índia – 2007
Classificação indicativa – 10 anos

Ishaan tem oito anos. É cheio de imaginação e gosta muito de desenhar e brincar. Solitário, tem como amigos os cães e os peixes do aquário. Suas brincadeiras passam por poças d’água e pipas. Ele não presta nenhuma atenção nas aulas. Antes de ser reprovado por preguiça e rebeldia, seus pais o transferem para uma escola interna. Num primeiro momento, o garoto se sente abandonado e sofre com a separação. Mas o professor de arte Nikumbh percebe a existência de um problema e, na busca da solução, devolve a alegria e a auto-confiança de Ishaan. O filme foi aclamado pelo público na Mostra Geração 2008.

– Cadê meu irmão? – Alemanha – 2004
Classificação indicativa – Livre

Não há presente mais desejado pela pequena Marietta, em seu aniversário de dez anos, do que um cãozinho. Mas seus pais não querem saber de um cachorro em casa e a única coisa que ela ganha é uma pedra, presente de um amigo africano. Só que a pedra é mágica e realiza o maior desejo de seu dono. Assim, Marietta acorda no dia seguinte e encontra um cachorrinho, pronto para brincar com ela. Com seus pais viajando e sua avó preocupada com a arrumação da casa, ninguém percebe que Tobias, seu irmão de quatro anos, desapareceu. O filme foi premiado na Mostra Geração 2004.

– O lar das borboletas escuras – Finlândia – 2008
Classificação indicativa – 16 anos

Na pequena ilha de um lago, existe uma escola para a correção do comportamento de jovens problemáticos. Com 14 anos, Juhani, após pular de um orfanato a outro, é levado para lá numa nova tentativa de (re)educação. Os únicos habitantes da ilha são sete internos adolescentes, o diretor Olavi Harjula com sua família, e Tinny, a responsável pela cozinha e que mantém o espaço em ordem. Isolado do mundo, nesta pequena comunidade de ambiente opressivo, tentando se integrar em meio às situações de conflito, o rapaz tem de lidar com um passado de culpa e de memórias fragmentadas. Baseado na premiada novela homônima da escritora finlandesa Leena Landers.

– Eu sei que você sabe – Reino Unido e Alemanha – 2008
Classificação indicativa – 16 anos

Jamie tem 11 anos e vive com seu pai, Charlie. Os dois são inseparáveis. Com a mudança para um novo endereço, o diálogo que ouve na casa de um conhecido e o aparecimento de uma arma, Jamie suspeita que o pai tenha se tornado um agente secreto britânico. Por ser criança, acredita que pode colaborar com ele em uma nova missão e não levantar suspeitas. Os riscos vão aumentando e a realidade vai se transformando. Pouco a pouco, o menino descobre que para realmente ajudar terá mais dificuldades do que previa.

– Quem tem medo do lobo? – Republica Tcheca – 2008
Classificação indicativa – Livre

Chapeuzinho Vermelho é a personagem favorita de Tereska, que tem seis anos. Nas mais diversas situações, ela se imagina o personagem. Um dia ela percebe que coisas estranhas estão acontecendo. Sua mãe esquece de buscá-la na escola, briga com seu pai e anda sempre com um desconhecido. O que esta acontecendo? As respostas dos adultos são incompreensíveis. Simon, seu melhor amigo, tem uma explicação: sua mãe, na verdade, foi substituída por um alien. Sem compreender o que anda abalando a relação familiar, o lobo da história acaba simbolizando os desafios que Tereska terá de enfrentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *