Jovem no poder

“Você já cresceu. Agora é hora de aparecer.” Já estão abertas, até o dia 15 de junho, as inscrições do projeto Parlamento Jovem Brasileiro (PJB) 2012, da Câmara dos Deputados. O programa é uma oportunidade para que jovens cidadãos brasileiros possam simular, durante cinco dias, a jornada de trabalho dos deputados federais. A nona edição do PJB será realizada entre 24 e 28 de setembro, reunindo 78 estudantes de todos os estados.

A primeira edição do programa ocorreu em 2004. De lá para cá, houve a participação de 613 jovens parlamentares estudantes do Ensino Médio. Desde a edição do ano passado, além dos estudantes do terceiro ano, os do segundo ano também podem participar. Após sessão de instalação e posse dos jovens parlamentares, estes elegem sua Mesa Diretora. Os trabalhos têm início com distribuição dos parlamentares nas Comissões do Parlamento Jovem Brasileiro e distribuição dos projetos aos relatores.
Os estudantes, assim, simulam todas as etapas do processo legislativo. O tema do projeto de lei a ser apresentado é livre.

Os deputados jovens são pré-selecionados pelas secretarias de educação dos respectivos estados, por meio da apresentação de um projeto de lei. O projeto de lei deverá ser apresentado nas escolas, em conjunto com a ficha de inscrição e documentação requerida, e deverá versar sobre temas nas seguintes áreas: agricultura e meio ambiente; saúde e segurança pública; economia, emprego e defesa do consumidor; educação, cultura, esporte e turismo. O Conselho Nacional dos Secretários de Educação – (Consed) encaminhará os projetos à Câmara dos Deputados, onde uma comissão, formada por servidores da área legislativa da Câmara, irá escolher os projetos participantes. O número de representantes por Estado e pelo Distrito Federal é proporcional ao número de deputados federais.

Para participar, basta que os estudantes tenham entre 16 e 22 anos e estejam matriculados e frequentando regularmente o 2º ou 3º ano do Ensino Médio em escolas públicas ou particulares. Mais informações pelo telefone: (61) 3216-1771 e 3216-1772.