(21) 2220-3300
New here? Register. ×

Línguas em perigo de extinção

1 comentário
Publicado em Matérias
07mar

A Unesco acaba de divulgar o Atlas interativo de línguas em perigo no mundo. Elaborado por um time de 30 linguistas internacionais, o estudo revela que o Brasil é o terceiro país do mundo com maior número de línguas ameaçadas de extinção. O kaixána, por exemplo, é falado por apenas uma pessoa em Japurá, no Amazonas, e o mawayana é preservado somente por dez indígenas, na fronteira com a Guiana. No contexto mundial, 2,5 mil línguas estão ameaçadas de desaparecer até o final deste século.

A Índia lidera o ranking, com 196 línguas ameaçadas, seguida pelos Estados Unidos, Brasil, Indonésia, México e China. As línguas pesquisadas foram classificadas em cinco categorias: vulnerável, em perigo, seriamente em perigo, situação crítica e extinta.

Acesse o atlas interativo e conheça mais detalhes

De acordo com o levantamento, das cerca de 6,7 mil línguas faladas no mundo, 200 já desapareceram completamente nas últimas três gerações, 538 estão na categoria de risco crítico e 199 são faladas por menos de dez pessoas.

“O desaparecimento de uma língua conduz ao desaparecimento de várias formas de patrimônio cultural e, em particular, ao legado incalculável das tradições e expressões orais da comunidade que fala a língua. Além disso, a perda dos idiomas indígenas, por exemplo, também leva ao detrimento da biodiversidade, já que as línguas veiculam numerosos conhecimentos tradicionais sobre a natureza e o universo”, destaca o diretor geral da Unesco, Koichiro Matsuura.

Um comentário sobre... “Línguas em perigo de extinção

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.