(21) 2220-3300
New here? Register. ×

Mídia e a vida sexual dos jovens

1 comentário
Publicado em Matérias
28ago

Um estudo da Universidade Temple, na Filadélfia, concluiu que a mídia não pode ser responsabilizada por despertar a sexualidade nos jovens, que seriam mais influenciados por fatores dentro de suas próprias casas. O psicólogo Laurence Steinberg analisou dados de 2006 que alegavam que adolescentes entre 12 e 14 anos que consumiram uma grande quantidade de mídia com conteúdo sexual, como filmes, TV, música e revistas, tinham mais probabilidade de iniciar a vida sexual aos 16.

Vários aspectos das vidas dos adolescentes foram estudados, como desempenho escolar, religião, relação com os pais e percepções das atitudes de amigos sobre sexo. “Pode parecer que a exposição da mídia leva à atividade sexual, mas esta relação é artificial”, diz Steinberg. “Se uma criança diz ser muito religiosa, terá menos probabilidade de ter relações sexuais cedo, mas também terá menos chances de consumir conteúdo sexual. Em vez de acusar a mídia, é preciso ter em mente que é dentro de casa que estão as influências no comportamento sexual dos jovens”.

Vivianne Pattison, uma das diretoras da organização Mediawatch UK, discorda do resultado do estudo e diz que é preciso analisá-lo com cautela. “Ele tende a ser contraditório. Atualmente, é muito difícil para qualquer um evitar o contato com conteúdo sexual na mídia. No caminho do meu trabalho, hoje pela manhã, por exemplo, passei por um outdoor com uma mulher seminua, mesmo não tendo relação nenhuma com o que estava sendo anunciado”, afirma. “Estar exposto a conteúdo midiático sexualmente explícito quando criança pode levar a uma variedade de problemas, incluindo baixa auto-estima, distúrbios alimentares e doenças sexualmente transmissíveis”.

E você leitor o que você acha?

Um comentário sobre... “Mídia e a vida sexual dos jovens

  1. Penso que a sexualidade não é despertada somente dentro das casas, mas que em toda a sociedade em si é culpada por despertar varios desejos em idade inadaquada nas crianças, ex: drogas, sexo, bebida alcolica e assim por diante. a sociedade está adultizando e passando responsabilidades precosemente as crianças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.