(21) 2220-3300
New here? Register. ×

Passado e futuro dialogam em exposição

seja o primeiro a comentar
Publicado em Matérias
27mar

Refletir sobre o passado e apontar as possibilidades do futuro das telecomunicações é a proposta de Tão longe, tão perto – as telecomunicações e a sociedade, exposição em cartaz no Museu de Arte Brasileira da FAAP, em São Paulo. A exposição parte da voz humana e avança até as principais inovações tecnológicas que promoveram o encurtamento das distâncias geográficas e redefiniram relacionamentos sociais e estruturas urbanas.

O visitante tem a oportunidade de interagir com experimentos científicos, equipamentos, aparelhos e um fórum central que prevê manifestações quanto ao futuro das tecnologias. “É uma grande oportunidade para o público conhecer um pouco mais da história das telecomunicações no país e refletir sobre como a evolução tecnológica nesta área poderá influenciar a vida no futuro”, afirma Antonio Carlos Valente, presidente do Grupo Telefônica no Brasil, organizadora do evento.

Quem não puder conferir a exposição em São Paulo, pode acessar o site da exposição e conferir passo a passo o ambiente. A curadoria é do físico e professor da Universidade Estadual de Campinas – Unicamp Peter Schulz.

Conheça os detalhes da mostra:

– Linha do Tempo
A exposição começa pela Linha do Tempo, que perpassa toda a mostra. Ela resgata a época em que a fala era um dos poucos instrumentos do homem para estabelecer vínculos sociais, e passa pelos primeiros códigos sonoros e visuais, como o uso de tambores e sinais de fumaça. A invenção do telégrafo e a expansão das redes de telefonia, o surgimento do rádio, microondas, satélites, fibra ótica, celular, internet, e tantas outras inovações que possibilitaram as conexões humanas também estão presentes nesse passeio pela história das comunicações.

– Núcleo Arte e Cultura Popular
O visitante poderá constatar por meio de vídeos, áudios e documentos, entre outros meios de comunicação, como as culturas são influenciadas pelas inovações tecnológicas, gerando diferentes manifestações estéticas na música, na poesia, na literatura, nas artes visuais. O núcleo terá um projeto de net-arte, especialmente criado para a mostra, pelos artistas Giselle Beiguelman e Rafael Marchetti. Denominado Tele bits 2.0, trata-se de um ensaio visual dinâmico e online sobre a relação das telecomunicações com o cotidiano, mediado pela ação do público.

– Núcleo Ciência e Tecnologia
Ressalta que todos os inventos tecnológicos são de autoria coletiva. Nesse núcleo, o público conhecerá experimentos simples, que podem ser facilmente reproduzidos e que demonstram princípios básicos da comunicação, como funcionam um microfone e um autofalante, por exemplo. A ideia é mostrar ao visitante de que forma dados e voz atravessam grandes distâncias.

– Núcleo Comunicação e Educação
Nesse espaço, serão lembradas as profissões que surgiram com as novas tecnologias e as que virão por aí, além da retomada da importância da educação à distância e suas possibilidades.

– Fórum Futuros Possíveis.com
O centro da exposição é um Fórum no qual o visitante pode expressar suas considerações sobre o futuro das telecomunicações e seu impacto na sociedade, escrevendo sobre uma mesa touchscreen, de próprio punho, uma mensagem que será projetada ao lado de frases de grandes pensadores.

– Espaço Brincar
Lúdico e educativo, o local foi especialmente concebido para aproximar o público infanto-juvenil da temática. Educadores coordenarão brincadeiras e oficinas que destacam princípios da comunicação. O projeto educativo, que oferecerá visitas orientadas e temáticas sob agendamento, distribuirá materiais para alunos e professores e estará preparado para o atendimento a públicos especiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *