(21) 2220-3300
New here? Register. ×

Pesquisa com infância

seja o primeiro a comentar
06jun

O Grupo de Pesquisa Infância e Cultura Contemporânea do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) acaba de lançar, no Rio, durante a realização do VII Seminário Internacional as Redes Educativas e as Tecnologias, realizado na Uerj, o seu primeiro livro coletivo: Infância em Pesquisa  (Editora Nau). Segundo Rita Marisa Ribes Pereira, coordenadora do grupo, os artigos que compõem a obra foram produzidos com o objetivo de sistematizar as questões e temáticas mais representativas do grupo ao longo de sua história, o que propiciou um pensar sobre a pesquisa que é produzida com crianças e também sobre o processo de constituição e desenvolvimento da própria equipe. “Entendemos que a identidade do grupo afeta e é afetada pelo trabalho minucioso e cotidiano de delimitação de nosso objeto de estudo – a infância contemporânea – e as abordagens teórico-metodológicas escolhidas”, acrescenta Rita.

No prefácio do livro, a professora Solange Jobim e Souza, da PUC-Rio, destaca que a obra oferece contribuições para uma análise da experiência da criança no mundo contemporâneo. “Vale dizer que este livro nos convida a retomar perguntas que devem ser sempre revisitadas por aqueles que se dedicam a realizar pesquisas com crianças, como o que é contracenar com crianças nos espaços instituídos pela pesquisa, inventando modos de ser e de produzir cultura com elas? Como fazer pesquisa com crianças, respeitando-as como sujeitos singulares que são, sem deixar, porém, de reconhecer nelas as contingências culturais da época atual? Como explicitar através da escrita experiências tão singulares vividas entre o pesquisador e seu outro, especialmente quando este outro é a própria infância contemporânea, que se revela no encontro entre o adulto e a criança?”, questiona.

A obra, organizada pela professora Rita Ribes e por Nélia Mara Rezende Macedo, traz dez artigos. Entre eles: Pesquisa com crianças, de Rita Ribes; Intimidade e estranhamento na pesquisa com crianças, de Núbia de Oliveira Santos; Pesquisar com crianças pequenas: desafios do trabalho de campo, de Luciana Bessa Diniz de Menezes; Pesquisando com crianças em espaços particulares: a busca de uma metodologia de pesquisa, de Joana Loureiro Freire: e  O processo e o produto da pesquisa: a negociação do texto de pesquisa com as crianças, de Maria Esperança de Paula.

O Grupo de Pesquisa Infância e Cultura Contemporânea reúne alunos de graduação e pós-graduação e professores ligados às redes de ensino. Objetiva-se com essa formação um diálogo entre universidade e escola, tanto no sentido de fomentar práticas curriculares sensíveis à problemática da cultura contemporânea, quanto no sentido de incentivar professores a darem continuidade à sua formação acadêmica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *