(21) 2220-3300
New here? Register. ×

Professora cria blog para trocar experiências sobre literatura infantil

seja o primeiro a comentar
Publicado em Matérias
06dez

A falta de informações sobre maneiras de ministrar aulas de literatura infantil para crianças levou a professora Andréa Albano Nunes, de Campo Verde (MT), a criar um blog para trocar experiências com outros professores que também trabalham com o tema. Criado em 2008, com o nome de Sala de Literatura Infantil, o blog contém registros das aulas de Andréa, que atua no Centro Educacional Paulo Freire, há quatro anos.

Formada em letras, com habilitação em literatura e especialização em lingüística aplicada ao ensino da língua materna e literatura, ela dá aula nas Oficinas de Literatura e Teatro, oferecidas a todas as turmas da escola, desde a Educação Infantil até o 5º ano do Ensino Fundamental. As oficinas desenvolvem os dois assuntos – literatura e teatro – ao mesmo tempo, de forma integrada, em uma sala própria para esse fim.

Andréa explica que tem um cuidado muito especial durante a realização das aulas de poesia, porque a linguagem poética é abstrata e carregada de metáforas. “Meu objetivo não é assustar a criança com algo que ela não compreende, mas mostrar que a poesia está próxima delas e o quão agradável é o texto poético”, justifica.

Andréa procura poemas que possa decodificar para as crianças em forma de história. Depois de contar a história, a professora lê o texto original, o poema. E não deixa de incluir a realização de alguma atividade lúdica relacionada com o que foi lido.
Na aula em que trabalhou a poesia Balõezinhos, de Manuel Bandeira, a atividade foi brincar de balão na sala de aula. “Isso fez com que a criança, de certa forma, fizesse parte do poema, brincando de balão, tal como o personagem da poesia queria fazer”, destaca Andréa.

Os alunos de Andréa já fizeram três livros de contos e poesias, desde 2008, com textos e ilustrações feitas por eles mesmos. O lançamento das obras ocorre sempre durante uma noite de autógrafos.

Fonte: Jornal do MEC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *